C COMPETIÇÕES

DIOGO AGUDIZA A CRISE AXINENE

Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Foi a equipa do Ferroviário de Maputo que, desde o primeiro minuto, demonstrou argumentos para conseguir sair do Estádio da Machava com uma vitória, ante um Ferroviário de Nampula traumatizado pela perda de pontos nas partidas anteriores, que levaram à substituição de Antero Cambaco por Akil Marcelino.

Quando se esperava por um Ferroviário de Nampula mais clarividente na abordagem do jogo face à referida chicotada psicológica, os donos da casa trataram de impor-se com a sua situação na corrida pelo título, chegando a empurrar o seu adversário para os blocos mais baixos do rectângulo do jogo, onde não existiam ideias para construir jogadas de ataque, diante de um homónimo mais organizado, tanto a defender como a atacar.

A primeira jogada de grande perigo foi protagonizada num lance de Kito, que de livre directo obrigou Xavito a uma defesa bastante apertada, situação que ocorreu antes de uma queda de Bruno, na área de Nampula, que Celso Alvação não viu a necessidade de assinalar uma grande penalidade.

Por: Joca Estêvão
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Fotos de José Zangado - CFvM
Publicidade

Director: Almiro Santos
Chefes da Redacção:
Reginaldo Cumbana e Gil Carvalho

Desafio é um Jornal desportivo, produto da Sociedade do Notícias.

O Jornal esta disponível em formato físico impresso, o mesmo pode ser lido em formato electrónico.

Play Store

AppStore

SNLogo2

Propriedade da Sociedade do
Notícias, SARL
Direcção, Redacção e Oficinas
Rua Joe Slovo, 55 • Cx.Postal 327
E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
( Tel's: 21320119 / 21320120 )
Topo
Baixo